/widgets.js";var sz=d.getElementsByTagName(s)[0];sz.parentNode.insertBefore(z,sz)}(document,"script","zb-embed-code"));
Verdades do Corpo | A TERAPIA
Representa uma visão alternativa à saúde baseada na biodescodificação de uma sintomática física ou psicológica, numa intervenção terapêutica que dirige à cura profunda emocional. Serviços: Psicologia Clinica, Psicossomática Clinica e Humanista, Psicogenealogia, Sexualidade Masculina, Numerobiologia.
Psicologia, Psicossomática, somática, placebo, biodescodificação, relacionamento, Clinica, Humanista, numerologia, Saúde, Mente, Psicogenealogia, genealogia, família, sexualidade, masculino, homem, gravidez, corporal, inconsciente, emoção, cérebro, gestação, antepassados, infância, equilíbrio, acupunctura, auriculoterapia, biologia, repressão, doença
20268
page-template-default,page,page-id-20268,page-child,parent-pageid-20242,cookies-not-set,ajax_fade,page_not_loaded,,content_with_no_min_height,select-child-theme-ver-2.8,select-theme-ver-3.9,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.5,vc_responsive

A TERAPIA

Em todo o trabalho terapêutico é obrigatória a apresentação de um motivo da consulta, sendo que há 3 tipos diferentes:

Físico

Doença física que afecta um sistema ou órgão, desde um incómodo físico ligeiro a um problema oncológico. Com a PCH é válido qualquer tipo de manifestação física e orgânica. Com este tipo de motivo é fundamental que o consultante se faça acompanhar do maior número possível de informações médicas e exames auxiliares, de modo a tornar o diagnóstico psicossomático mais preciso.

Psicológico

O motivo deste tipo de consulta está relacionado com as vertentes psicológica e comportamental. Abrange perturbação alimentar, desordens sexuais, T.O.C., fobias, hiperactividade, transtorno depressivo, perturbação de ansiedade, dependência, desordens amorosas, perturbações psiquiátricas, psicologia infantil e todo tipo de sintomas que impliquem a saúde mental.

Outro tipo

Abrange questões ligadas ao relacionamento Interpessoal, à orientação profissional / académica, ao desenvolvimento pessoal, à concretização de objectivos específicos, ao questionamento existencial, à auto-estima, autoconfiança ou a qualquer outro qualquer motivo válido para consulta.

Em todos os casos, a intervenção passa sempre pelo estudo da solução biológica e psicológica do(s) sintoma(s) a partir dos seguintes domínios:

  • Significado psicossomático do sintoma;
  • Modo desencadeante do sintoma;
  • Tipo de programação (se estrutural ou conjuntural);
  • Programação no tempo;
  • Causa do sintoma.

Todo e qualquer motivo são válidos para o diagnóstico e intervenção terapêutica, funcionando como o ponto de partida para a exploração psicossomática. Tal como o fio de Ariana que descobre a saída de um labirinto mental, o motivo será sempre o começo da mudança que se é pretendido.

A partilha da árvore genealógica é uma informação de extrema utilidade para o diagnóstico e exploração psicossomática.

As técnicas terapêuticas variam entre:

  • Acompanhamento psicoterapêutico verbal tradicional cognitivo-comportamental;
  • Técnicas psico-corporais facilitadoras (técnicas de relaxamento, indução de estados alterados de consciência, role-play, constelação familiar, programação neurolinguística e Actos Simbólicos personalizados;
  • Acupunctura e/ou Auriculoterapia.

A escolha da técnica varia em função do motivo e do tipo de personalidade, e o objectivo central baseia-se na exploração e libertação de bloqueios emocionais presentes nos Inconsciente Biológico, Individual, Familiar e Colectivo.

Créditos da imagem: ignitedenver.org